Translate

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

"Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela." Mateus 16:18

A igreja está erguida sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, a principal pedra da esquina (Ef 2:20), como bem profetizou Isaías - "Portanto assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu assentei em Sião uma pedra, uma pedra já provada, pedra preciosa de esquina, que está bem firme e fundada; aquele que crer não se apresse - Isaías 28:16"

Pedro com convicção declara que os edificadores rejeitaram essa pedra, mas ela foi posta por cabeça de esquina (At 4:11). Pode-se  afirmar que grande parte dos que  rejeitaram  Jesus Cristo, no seu tempo,  eram religiosos, e é   provável que "os edificadores" dos quais Pedro falou sejam aqueles que têm a  religião baseada nas aparências e no louvor dos homens. 

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Há algumas décadas atrás, as bíblias evangélicas eram em sua maioria apenas um livro de capa preta. No Brasil existiam as bíblias com capa de couro, com zíper, com índice digital ou capa dura. Depois surgiram umas poucas variações com capa de cor azul ou marrom. Nessa época a bíblia vida surgiu com as palavras de Jesus em vermelho e com um suplemento contendo alguns mapas e tabelas. Hoje existem inúmeros modelos com capas coloridas, tamanhos diversificados e temas ou estudos bem distintos. Com este leque de opções, surge a grande dúvida na hora de comprar uma bíblia, qual modelo escolher. Em primeiro lugar é preciso definir qual a versão da bíblia será escolhida. Existem hoje várias versões, dentre elas a almeida revista e corrigida (ARC), a almeida corrigida e fiel (ACF), a almeida revista e atualizada (ARA), a nova versão internacional (NVI), a nova tradução na linguagem de hoje (NTLH), a almeida século 21 e a king James ou verão do rei Tiago.

A escolha da versão é muito pessoal e além disso está também vinculada à denominação evangélica a qual se frequenta. A Igreja Assembleia de Deus e a Congregação Cristã no Brasil usam a ARC e eu particularmente prefiro essa versão, sem entretanto desprezar as demais.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

"E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará."
Mateus 24:12


Por diversas vezes preguei sobre os sinais da volta do Senhor Jesus Cristo, mas em nenhuma delas interpretei esse versículo como o interpreto hoje. Muitos fazem distinção entre iniquidade e pecado, mas na prática essa distinção não existe. A iniquidade é a falta de equidade, a prática da injustiça e da perversidade, ao passo que o pecado é a desobediência à vontade de Deus ou a sua lei. Em resumo iniquidade é pecado, conforme está escrito:"Toda a iniqüidade é pecado, e há pecado que não é para morte." 1 João 5:17.

É notório que a prática do pecado têm no presente século crescido numa progressão geométrica, sendo difundida por programas de tv, filmes, séries, sites da web, revistas, jornais e redes sociais. Vivemos em uma época marcada pela libertinagem e pela ausência de valores morais. Fato que não causa nenhum espanto, pois o apóstolo João afirma que "sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno." 1 João 5:19.

Confesso que todas as vezes em que falei sobre o texto de Mateus 24:12 demonstrei o quanto a perversão e o pecado têm se multiplicado no mundo. Eu não havia compreendido o real significado das palavras de Jesus. Ele afirmou que por se multiplicar a iniquidade, ou seja por crescer em número o pecado, o amor de muitos se esfriaria, porém ele não disse que era a iniquidade do mundo.

Eu acreditava que Ele se referia ao crescimento do pecado no mundo, o que de fato ocorreu em grande escala. Mas ao ver todas as notícias do nosso "mundo gospel", concluí que Ele se referiu à iniquidade dos cristãos. Não parece óbvio, mas é no meio da igreja que o pecado está crescendo e não estamos percebendo.

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

"Fala a toda a congregação dos filhos de Israel, e dize-lhes: Santos sereis, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo"Levítico 19:2

A palavra santo no Antigo Testamento normalmente significa separado ou implica em separação para o uso de Deus. A exemplo disso podemos ler em Números 16:9 que os levitas foram separados ao Senhor para o ministério do tabernáculo, como está escrito:

Imagem do site:http://reformandome.blogspot.com.br
"Porventura pouco para vós é que o Deus de Israel vos tenha separado da congregação de Israel, para vos fazer chegar a si, e administrar o ministério do tabernáculo do Senhor e estar perante a congregação para ministrar-lhe; " Números 16.9

Pode-se afirmar que aqueles que exerciam o sacerdócio Aaronico perante Deus

Seguidores